quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Morre sargento da BM baleado ao evitar roubo em Porto Alegre

Policial conseguiu resistir por oito dias aos ferimentos de quatro tiros.

Foto: Maria da Graça Maciel /Arquivo Pessoal

Morreu no Hospital Cristo Redentor (HCR), na manhã desta quarta-feira (2), o sargento da reserva da Brigada MilitarJair Fernando Brum dos Santos, de 56 anos. Ele foi baleado no último dia 25, ao evitar o roubo de um carro no bairro Santa Maria Goretti, na zona norte de Porto Alegre. O policial resistiu por oito dias a quatro paradas cardíacas ocasionadas por quatro tiros o atingiram nas costas.

No laudo do hospital, consta que o sargento morreu às 9h19min desta quarta, em decorrência de "complicações clínicas".

Segundo o delegado Alexandre Vieira, da 9° Delegacia de Polícia, o sargento trabalhava como segurança em um estabelecimento da Rua Santa Catarina quando percebeu que um homem estava tentando roubar o carro de uma mulher, que estava estacionado na via.

– O PM entrou em luta corporal com um dos assaltantes, mas não percebeu que eles estavam em dois. Aí o outro atirou contra o policial. Foram quatro tiros nas costas – disse o delegado no dia do crime.

Durante a troca de tiros, a mulher foi atingida por um tiro de raspão nas costas. Um dos bandidos também foi baleado pelo policial.

– Eu conhecia ele (o policial). Ele era bem amigável, sempre disposto a ajudar alguém – relataram moradores da região que estavam no local acompanhando a ocorrência.

O veículo roubado, um Ford Ka, foi localizado na Avenida dos Gaúchos.

GAÚCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.