terça-feira, 1 de agosto de 2017

Líder de quadrilha que roubava ônibus em Porto Alegre é filho de motorista de coletivos

Polícia Civil prendeu nove integrantes de grupo criminoso responsável por mais de 40 roubos

Ao desencadear nesta terça-feira (1º) uma operação para desarticular quadrilha que roubou mais de 40 ônibus intermunicipais entre abril e junho deste ano em Porto Alegre, a Polícia Civil revelou um fato inusitado em relação aos presos do grupo: um deles confessou que o próprio pai é motorista de coletivos na Capital.

O delegado Carlos Wendt, da Força-Tarefa, diz que o integrante destacou em depoimento que não assaltava apenas uma determinada linha na cidade. Intrigado, ele questionou o preso, que confessou o fato.

— Por ironia do destino resolveu cometer crimes justamente na área de atuação do próprio pai, que ficou arrasado ao saber sobre o filho — relata Wendt.

O detido confessou a participação em 36 roubos. A maioria deles com uma comparsa, presa hoje, que aplicava choques elétricos nas vítimas durante os ataques. A dupla era conduzida até os alvos, linhas que utilizam a Avenida da Legalidade, por motoristas de aplicativos envolvidos no esquema ou por outro integrante da quadrilha que usava o carro que locava para a Fundação de Assistência Social e Cidadania (Fasc).

GAÚCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.