sábado, 5 de agosto de 2017

Bandidos explodem duas agências bancárias em Maratá

Os alvos foram as agências do Banrisul e Bradesco.

Uma quadrilha explodiu duas agências bancárias em Maratá, no Vale do Caí, na madrugada deste sábado (5). Foi o segundo ataque na cidade em menos de um mês. No dia 10 de julho, os alvos foram as agências do Banrisul e do Sicredi.

Na madrugada deste sábado, foram atacadas as agências do Bradesco e novamente a do Banrisul. De acordo com a Brigada Militar, o crime ocorreu por volta de 1h30min.

— As duas agências ficaram bastante danificadas. A Brigada Militar realizou o isolamento dos locais e agora se concentra nas buscas aos criminosos — afirmou o tenente coronel Dutra, comandante da Brigada Militar do Vale do Caí.

Os bandidos deram tiros para o alto para intimidar moradores e a polícia. Ainda não há informações sobre a quantia levada pelos criminosos. Cinco assaltantes foram vistos no local. Eles estavam encapuzados e utilizaram armas longas.

Testemunhas disseram à polícia que a quadrilha fugiu em um Corolla preto. A polícia não descarta que eles tenham usado outro veículo para a fuga. Não houve reféns e nem confronto com a Brigada Militar.

A polícia ainda realiza buscas para tentar localizar os assaltantes. O policiamento em Maratá é dividido com a cidade vizinha de Brochier, distante cerca de cinco quilômetros. A cidade de Maratá possui menos de três mil habitantes.

ZERO HORA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.