segunda-feira, 10 de julho de 2017

Vítimas reconhecem suspeito de matar jovem em assalto no bairro Rubem Berta

O homem está preso desde quinta-feira e foi reconhecido nesta segunda

Prisão aconteceu dois dias após divulgação do retrato falado - Foto: Polícia Civil /divulgação

O suspeito de matar o jovem Allyson Rodrigues Fernandes, 24 anos, durante um assalto no bairro Rubem Berta, em Porto Alegre, no dia 27 de junho, foi reconhecido por vítimas nesta segunda-feira (10). Além da namorada do jovem assassinado, outras seis vítimas de roubos praticados por ele na região do Parque dos Maias também reconheceram o homem.

Ele está preso temporariamente desde a última quinta-feira (6), quando a polícia cumpriu mandado na Vila Dutra Jardim, também no bairro Rubem Berta. Além do latrocínio, ele é investigado em outros casos de roubo de carros, sendo um deles na mesma rua onde Allyson foi assassinado.

O delegado Wagner Dalcin ainda trabalha na identificação de outros dois comparsas, que teriam agido junto com ele no dia do crime. O preso tem antecedentes por roubo, tráfico de drogas e homicídio.

Relembre o caso

Allyson Rodrigues Fernandes foi assassinado por volta das 20h do dia 27 de junho, em frente à garagem do prédio onde residia com a namorada, na Rua Luiz Cezar Leal. A companheiro do jovem, inclusive, presenciou toda a ação dos bandidos.

Segundo vizinhos, Allyson estava manobrando o veículo de ré quando foi rendido por um homem armado. Um segundo criminoso também teria participado da abordagem.

O jovem levou dois tiros, um no peito e outro na região abdominal. Ele tombou ao lado do carro.

Moradores relatam que o autor dos disparos correu para um veículo de cor branca, onde um terceiro homem aguardava. Eles fugiram sem levar nada.

Allyson foi morto em frente à namorada no dia 27 de junho (foto: reprodução)

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.