quinta-feira, 27 de julho de 2017

Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico de drogas em Não-Me-Toque

Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico de drogas em Não-Me-Toque

Polícia Civil deflagra operação contra o tráfico de drogas em Não-Me-Toque - Foto: Polícia Civil - Imprensa

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Não-Me-Toque, deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) a Operação Malha Fina, na cidade de Não-Me-Toque. A ação tem por objetivo combater crimes de tráfico de drogas. Foram cumpridos 32 mandados de prisão e 56 mandados de busca e apreensão, sendo destes, um mandado de busca e apreensão em Victor Graeff e um de prisão em Carazinho. Na ação, 32 pessoas foram presas.

Segundo o delegado Gerri Adriani Mendes, a investigação durou cerca de um ano, e foram utilizadas técnicas modernas de investigação. Inicialmente eram 56 alvos investigados e que, no decorrer das investigações atingiu-se o número de 65 alvos. “Constatou-se que a traficância se dava por meio de maconha, crack e cocaína. Também foi apurado que na cidade teriam haveria 10 grupos que realizavam o tráfico de drogas”, relatou o delegado.

O Diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Fernando Sodré, destacou a importância da operação que teve como intuito a desarticulação dos grupos que agiam no tráfico de drogas na cidade de Não-Me-Toque. Da mesma forma, o delegado regional da 28ª DPRI/Carazinho, Edson Cezimbra, ressaltou a importância da realização de uma grande operação em Não-Me-Toque, dando uma grande resposta à comunidade, demonstrando que a Polícia Civil está atenta e operante para combater o tráfico de drogas e outros crimes decorrentes do tráfico.

Participaram em apoio à operação 12 Delegacias Regionais de Polícia: 5ª DPRI/Cruz Alta, 6ª DPRI/Passo Fundo, 10ª DPRI/Santa Rosa, 11ª DPRI/Erechim, 13ª DPRI/Santo Ângelo, 14ª DPRI/Palmeira das Missões, 15ª DPRI/Lagoa Vermelha, 19ª DPRI/Lajeado, 22ª DPRI/Três Passos, 24ª DPRI/Soledade, 26ªDPRI/Ijuí e 28ª DPRI/Carazinho, num total de 339 policiais civis.

Fonte: Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.