segunda-feira, 17 de julho de 2017

Polícia acredita que estudante de Direito de Passo Fundo foi morto por colega ao sair da aula

Crime aconteceu no dia 8 de julho; autor do crime está foragido desde o dia 13

A polícia faz buscas pelo assassino do estudante de Direito Alaércio Michelin, morto ao sair da faculdade em Passo Fundo, no Norte do Estado, no dia 8 de julho. De acordo com a delegada Daniela de Oliveira Minetto, titular da Delegacia de Homicídios do município, a polícia já concluiu o inquérito e acredita que Anderson Rebechi Portela, de 26 anos, colega de aula da vítima, seja o autor do crime.

Ele teve prisão preventiva decretada na última quinta-feira (13) e está foragido.

A hipótese trabalhada pela polícia é de dívida como motivação do crime. Horas antes de decretar a prisão, Anderson foi parado pela Polícia Rodoviária por estar com uma atitude suspeita — como não havia nada no sistema policial e a investigação estava sob sigilo, os agentes rodoviários o liberaram.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.