segunda-feira, 24 de julho de 2017

Motorista do Uber tem mãos e pés amarrados e é baleado em assalto em Porto Alegre

Ele pegou dois adolescentes na Cidade Baixa, foi levado até a zona norte, onde foi trancado no porta-malas. Mesmo rendido e amarrado, ele ainda foi baleado.

Um motorista de 34 anos, que trabalha no aplicativo Uber, foi baleado em um assalto, na madrugada desta segunda-feira (24), em Porto Alegre. Conforme a Polícia Civil, ele foi chamado por dois adolescentes na Rua Lima e Silva, na Cidade Baixa, e os levou para a zona norte. Quando chegou ao endereço, a dupla de jovens e um casal que estava na rua, com uma arma, anunciaram o assalto.

Rendido, o motorista teve mãos e pés amarrados e foi colocado dentro do porta-malas do Nissan March que conduzia. Os quatro bandidos rodaram com o carro por algumas ruas até pararem no Beco Recanto do Chimarrão, no bairro Sarandi, também na zona norte. A vítima relatou à polícia que os criminosos o ameaçaram de morte e deram dois tiros. Um foi para o alto, e o outro o atingiu na barriga.

A vítima ferida caminhou até a 22ª Delegacia de Polícia, na Avenida Plínio Kroeff, na região do Porto Seco, onde pediu socorro. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) socorreu o motorista, que está em atendimento em um hospital da zona norte. A informação repassada pela instituição à Polícia Civil é de que o quadro é regular.

Os bandidos fugiram com o carro, R$ 140 em dinheiro, documentos e o celular da vítima. Eles não foram encontrados pela polícia.

ZERO HORA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.