quarta-feira, 19 de julho de 2017

Mecânico é assassinado a tiros na frente da filha em Porto Alegre

Em estado de choque, menina de 12 anos disse que executores invadiram a casa e não falaram nada

Foto: Tadeu Vilani /Agencia RBS

Um homem de 40 anos foi executado a tiros na Vila Esperança, bairro Belém Velho, na zona sul de Porto Alegre, na manhã desta quarta-feira. O mecânico estava dentro de casa, na companhia da filha de 12 anos, quando pelo menos dois assassinos pularam o muro, invadiram a residência e abriram fogo.

Pelo menos três irmãos e a mãe da vítima, que também moram na Rua Wilson Tupinambá da Costa (é a mesma rua do assassinato, né?), acordaram com os cerca de 30 disparos. Um dos irmãos saiu de casa, foi até a residência ao lado e confirmou que a vítima havia sido o mecânico. A própria mãe dele avisou a polícia sobre o ocorrido.

Sem ferimentos, mas em estado de choque, a menina que viu o pai ser morto disse aos familiares que os assassinos não falaram nada, só atiraram, ignorando o pedido do mecânico para não ser morto na frente da filha.

O Departamento de Homicídios da Polícia Civil chegou ao local do crime por volta das 9h - três horas depois dos tiros. Os policiais tiveram dificuldade para entrar na casa, já que o cachorro da vítima estava deitado ao lado do corpo e ameaçava morder caso alguém se aproximasse. Os agentes tiveram de encontrar uma coleira para só então conseguir fazer o levantamento.

Os vizinhos não sabem o que pode ter motivado o crime. Todos dizem que Medeiros não tinha inimigos. Ele foi descrito como trabalhador pelos curiosos que se aglomeravam para ver o trabalho da polícia nesta manhã. Por medo de represálias, nenhum deles quis ser identificado.

A Brigada Militar afirma que Medeiros tem antecedentes policiais por posse de arma de fogo e receptação. Até a publicação desta matéria, a Polícia Civil ainda não tinha linhas de investigação.

ZERO HORA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.