terça-feira, 4 de julho de 2017

Com 2 meses de atraso, BM cumpre meta de efetivo mínimo em todas as cidades do RS

No total, 52 municípios gaúchos passaram a ter efetivo mínimo de três policiais

Todos os municípios do RS têm efetivo mínimo de policiais - Foto: Jean Pimentel /Agencia RBS

Dois meses depois do previsto, o Comando-Geral da Brigada Militar conseguiu cumprir a meta de colocar, pelo menos, três policiais militares em todos os municípios do Rio Grande do Sul. Os trâmites e o fato de que havia policiais em férias ou em licença atrasou a transferência.

Os agentes chegaram na última semana às sete cidades que ainda necessitavam do complemento no efetivo. No total, 65 PMs foram transferidos de cidades grandes para 52 municípios pequenos, a maioria deles na região do Planalto Médico, onde a defasagem era maior.

“Os prefeitos receberam policiais que têm algum vínculo com a região, que conhecem as cidades. Estão todos satisfeitos”, relata o comandante da Brigada Militar, coronel Andreis Dal’Lago.

O policiamento é feito normalmente durante o dia e, durante a noite, os policiais ficam de sobreaviso. Historicamente, segundo Dal’Lago, as cidades tinham três policiais por dia, mas, com aposentadorias ao longo dos últimos anos, o policiamento foi prejudicado. A maior parte das cidades que receberam o reforço tem menos de 2 mil habitantes.

Fim da patrulha municipal

As mudanças na estratégia de policiamento das pequenas cidades levaram ao encerramento, há cerca de quatro meses, das patrulhas intermunicipais. Para atenuar a falta de PMs, as patrulhas aglutinavam policiais de cidades distantes até 25 quilômetros, e as guarnições se revezavam em turnos de patrulhamento. No entanto, isso mantinha localidades sem nenhum brigadiano por algumas horas.

Cinco policiais por cidade

A próxima meta da Brigada Militar é aumentar o efetivo mínimo, colocando pelo menos cinco PMs por cidade. A meta começará a ser implantada já neste mês, quando 1.060 policiais se formam e poderão começar a atuar. O complemento, no entanto, só virá no ano que vem, quando está prevista a formatura de novos agentes.

Concurso público para mais de 6 mil policiais

O governo do Estado anunciou, nesta terça-feira (4), 6,1 mil novas vagas para a área de segurança pública no Rio Grande do Sul. Os novos servidores serão selecionados para Brigada Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.