quarta-feira, 21 de junho de 2017

Polícia descobre fábrica clandestina de máquinas caça-níqueis em Canoas

Segundo delegado, local no bairro Fátima funcionava como central de distribuição e fabricação dos   equipamentos.

Foto: Polícia Civil /divulgação

A partir de várias apreensões na região do bairro Fátima, em Canoas, agentes da 4ª Delegacia de Polícia descobriram, no final da manhã desta quarta-feira (21), uma fábrica de máquinas caça-níqueis no mesmo bairro. Na ação, softwares e hardwares para programação foram apreendidos.

Os materiais serão remetidos para perícia técnica, com o objetivo de comprovar programação e montagem em grande escala. Um grupo criminoso é suspeito de vender programas dos jogos e as próprias máquinas para a Região Metropolitana de Porto Alegre e também para o interior do Estado.

O delegado Valeriano Garcia, responsável pela investigação, diz que o local funcionava como uma verdadeira central de distribuição e de fabricação destes materiais.

Na residência onde houve a ação policial, duas pessoas estavam montando máquinas e instalando programas de caça níquel. Os dois vão responder a Termo Circunstanciado por exploração de jogos de azar e por fabricação clandestina destas máquinas.

A investigação continua para identificar mais integrantes da quadrilha, mas também para identificar os compradores das máquinas e dos programas.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.