quarta-feira, 21 de junho de 2017

Polícia Civil do RS testa ferramenta que permite recuperar celulares roubados ou furtados

Sistema usará o IMEI do aparelho; nesta manhã, polícia prendeu suspeito de roubos em lotações na zona sul de Porto Alegre.

Foto: Félix Zucco /Agencia RBS

A Polícia Civil gaúcha vai testar, a partir de agosto, uma ferramenta que permitirá que celulares roubados ou furtados sejam recuperados pelos donos. Em entrevista ao Gaúcha Repórter desta quarta-feira (21), o delegado Carlos Wendt afirmou que o sistema conseguirá identificar, por meio do IMEI (número de identificação) se o aparelho telefônico foi roubado.

O número do IMEI ficará cadastrado no sistema, assim como acontece com as placas de carros roubados. A intenção é diminuir o número de furtos e roubos, assim como a receptação dos celulares.

Cada celular tem um número diferente de IMEI, que não pode ser fraudado. Os donos dos aparelhos podem conhecer essa identificação digitando a sequência *#06#.

– Se uma pessoa com atitude suspeita for abordada, tem como se verificar se ela está com um aparelho roubado – comenta Wendt (ouça abaixo).

Durante a manhã, a força-tarefa dos ônibus da Polícia Civil prendeu, no bairro Aberta dos Morros, na zona sul de Porto Alegre, um suspeito de roubos em lotações na região do bairro Cavalhada.

Outro objetivo da ação é responsabilizar receptadores de produtos roubados. Entre eles, está uma estagiária do Tribunal de Justiça que comprou um celular – avaliado em pelo menos R$ 2 mil – por apenas R$ 100.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.