quarta-feira, 24 de maio de 2017

Suspeito de homicídio em Porto Alegre resiste à prisão em Guaíba

Policiais civis de Porto Alegre tentam desde o começo da manhã desta quarta-feira (24) cumprir um mandado de prisão preventiva em Guaíba. Um homem de 74 anos, identificado como Edmundo Nunes, é suspeito de ter matado a golpes de faca Luis Dias da Silva, de 34 anos.

Os policiais ingressaram na residência do suspeito, localizada no bairro Cohab Santa Rita. O suspeito foi flagrado com duas facas e ele conseguiu se trancar em um quarto. A mulher e o filho de Edmundo conseguiram sair da casa.

O crime ocorreu no dia 14 de fevereiro, por volta das 7h da manhã, na rua dos Andradas, no centro da capital. De acordo com a delegada Roberta Bertoldo, a polícia conseguiu chegar até o suspeito com base em imagens de câmeras de segurança que flagraram o crime. A vítima teria se aproximado para pedir fogo.

Após alguns metros de caminhada, o criminoso puxou uma faca de um isopor que carregava e desferiu um golpe no peito da vítima. Segundo a delegada, após a execução, o homem, que seria vendedor de água no centro, sai caminhando como se nada tivesse acontecido.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.