sexta-feira, 5 de maio de 2017

Laudo aponta que homem foi morto pelo namorado com 35 facadas em Novo Hamburgo

André Wendt Neto, 55 anos, estava em casa, no bairro Canudos, na noite da última quarta-feira (3), com o companheiro

O laudo da perícia apontou que o homem morto pelo namorado em Novo Hamburgo foi esganado e atingido por 35 facadas. Segundo o delegado Enizaldo Plentz, André Wendt Neto, 55 anos, estava em casa, no bairro Canudos, na noite da última quarta-feira (3), com o companheiro.

Moisés Pires da Veiga, 22 anos, foi preso preventivamente após o crime e levado ao Presídio de Montenegro. Ele confessou à polícia que matou o namorado e que houve uma discussão. As facadas atingiram, principalmente, as costas de Neto que morreu no local. 

A motivação para a crueldade não está esclarecida, conforme o delegado. O preso informou que esfaqueou a vítima porque ela não queria aceitar o término do relacionamento. Contudo, o delegado não acredita na versão.

Os homens namoravam há um ano e se conheceram por uma rede social. Os dois não tinham antecedentes criminais.

O caso

Na noite de quarta-feira, André Wendt Neto, 55 anos, estava em casa, no bairro Canudos, em Novo Hamburgo, com o namorado de 22 anos. Após uma discussão, Moisés Pires da Veiga desferiu facadas contra a vítima, que morreu no local.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.