quarta-feira, 31 de maio de 2017

Granada é apreendida dentro de cela do Presídio Estadual de São Borja

Objeto estava escondido dentro de cama

Granada estava escondida dentro de cama de uma das celas - Foto: Divulgação /Presídio Estadual São Borja

Agentes do Presídio Estadual de São Borja apreenderam uma granada em uma das celas na tarde desta terça-feira (30). Segundo o chefe de segurança Jairo Hartmann, o setor de inteligência apurou a informação e mobilizou uma operação para revista em quatro celas. O objeto foi localizado em uma delas, escondido em uma toalha, dentro de uma cama com fundo falso de concreto.

Seis apenados ficam na cela em que o artefato estava. De acordo com Hartmann, o local está com menos presos do que o usual, já que a média na casa é de 15 homens por cela. Ainda é desconhecido como o explosivo chegou até os apenados. No entanto, o chefe de segurança afirma que muitos materiais entram no presídio por janelas voltadas para um terreno baldio que fica ao lado.

"A falta de um muro facilita muito a entrada de objetos. Há janelas de celas que dão direto para um terreno baldio que fica aqui ao lado", explica.

Atualmente, o presídio conta com 225 presos e tem capacidade para 130.

GAÚCHA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.