sábado, 27 de maio de 2017

Bombeiros utilizam cães farejadores nas buscas por família desaparecida no Noroeste do RS

Família desapareceu após viajar de Carazinho para comprar carro na cidade de Colorado.

Gol em que a família viajou foi encontrado carbonizado pela polícia

Foto: Fábio Lehmen /RBS TV

O Corpo de Bombeiros de Soledade está usando cães farejadores para procurar pistas sobre o paradeiro da família que desapareceu na última quarta-feira em Colorado, no Noroeste do Estado, após sair de Carazinho para comprar um veículo.

A área de buscas é próxima ao local onde o carro da família foi encontrado, incendiado, na quinta-feira, perto da ponte sobre o Rio Jacuí-Mirim, em Mormaço – a 40 km de Colorado. Devido às chuvas, há forte correnteza no rio, e a visibilidade está prejudicada – o que impossibilita o uso de mergulhadores.

Márcia Cristina Johan, 50 anos, a filha dela, Maria Elizabete Johan, 15 anos, e o companheiro de Márcia, Roberto Terres, 46 anos, desapareceram após saírem de Carazinho para comprar um veículo. Acompanhados de um vizinho, que viajou para voltar dirigindo um dos carros, foram até uma propriedade rural em Colorado.

Chegando ao local, o dono da casa — que é o principal suspeito do crime — teria saído de um espaço atrás da residência e disparado contra Terres, que, de acordo com a polícia, tem passagens policiais e estaria envolvido com tráfico de drogas.

O vizinho conseguiu fugir e fez a denúncia no dia seguinte, quando começou a investigação criminal. Ele não confirmou que tenha havido mortes.

Em perícia realizada pela Polícia Civil, os agentes encontraram a casa abandonada e revirada, o que indica que foi deixada às pressas. No local, foi encontrada uma quantia em dinheiro e um cartucho de pistola.

De acordo com o delegado Edinei Albarelo, responsável pelas investigações, a principal hipótese é de acerto de contas por tráfico de drogas. O delegado conta ainda que a prioridade é encontrar os corpos para confirmar as mortes.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.