terça-feira, 4 de abril de 2017

Polícia analisa imagens para identificar autores de bala perdida que matou mulher em Canoas

Leila Vieira Fortuna, 35 anos, foi atingida por um tiro no peito enquanto aguardava em uma parada de ônibus.

Parada de ônibus em que mulher foi atingida fica no bairro Mathias Velho - Foto: Ronaldo Bernardi /Agencia RBS

A Delegacia de Homicídios de Canoas está analisando imagens de câmeras de segurança para tentar identificar os criminosos que atingiram uma mulher na manhã desta terça-feira (4), no bairro Mathias Velho. Leila Vieira Fortuna, 35 anos, foi atingida no peito por uma bala perdida enquanto aguardava em uma parada de ônibus.

De acordo com o delegado Valeriano Garcia Neto, os criminosos perseguiram o carro onde estavam os alvos do grupo por cerca de três quilômetros e dispararam entre 30 e 40 tiros. O alvo dos criminosos também foi baleado no ataque.

Ele é um homem, com antecedentes criminais, que testemunhou recentemente contra uma facção do tráfico de drogas que tem como base o bairro Bom Jesus, em Porto Alegre. O filho dele, de 17 anos, também foi atingido no atentado.

A Polícia Civil ainda não conseguiu ouvir os dois oficialmente, mas pretende descobrir vinculações e outros fatos em que eles se envolveram, que possam levar até os atiradores. No ano passado, o homem já havia sido vítima de um outro ataque.

A investigação ainda espera que testemunhas auxiliem, já que o local é movimentado e diversas pessoas estavam na região. Informações podem ser repassadas através do telefone (51) 3477-1888.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.