quarta-feira, 5 de abril de 2017

Diretor de secretaria municipal de Cachoeirinha é executado a tiros

Homem foi morto quando chegava para trabalhar nesta manhã.

Foto: Ronaldo Bernardi /Agencia RBS

O diretor de Serviços Urbanos da Secretaria de Obras da Prefeitura de Cachoeirinha, Márcio Adriano Azeredo de Almeida, 38 anos, foi executado a tiros na manhã desta quarta-feira (5) quando chegava para trabalhar em um prédio da secretaria, na Rua José Antônio Lutzenberger, no bairro Moradas do Bosque. O homem estava dentro do carro, um Space Fox vermelho, quando foi atingido por tiros de pistola por volta das 7h30.

Após os disparos, o veículos seguiu em deslocamento por cerca de 50 metros, batendo em outros carros estacionados. Almeida morreu no local. A perícia está no local e constatou oito marcas de tiros no corpo do diretor.

O prefeito de Cachoeirinha Miki Breier conversou com a reportagem no início da manhã e disse que ainda não tem informações sobre os motivos para a execução. Na gestão anterior, Almeida havia trabalhado na Secretaria de Administração do Município.

O titular da 2ª Delegacia de Polícia de Cachoeirinha, Newton Martins, esteve no local e afirmou que, pelos dados colhidos até agora, os atiradores já estavam posicionados esperando a vítima e tripulavam um Clio prata.

"Trata-se de uma emboscada", disse o delegado.

Newton Martins informou também que Almeida tinha antecedentes, como roubo a banco em 2001, ameaça, estelionato e posse de entorpecentes, entre outros. A polícia ainda vai averiguar se a vítima estava recebendo ameaças.

A polícia trabalha com duas hipóteses. A principal é de que o assassinato tenha ligação com o tráfico de drogas. A outra, quase descartada, é de que tenha um viés político. A prefeitura de Cachoeirinha tem sido alvo de arrombamentos e vandalismo.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.