sexta-feira, 14 de abril de 2017

Brigada Militar na colheita da macela em São Francisco de Paula

 










Foto: BM / divulgação Ação Preventiva

Na noite de quinta feira (14/4) e madrugada de sexta feira (06/4), a Brigada Militar através do efetivo do 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas atuou no policiamento em São Francisco de Paula por ocasião da realização da Colheita da Macela, garantindo a tranquilidade e preservação da ordem pública.            

O evento ocorre na cidade de São Francisco de Paula, quando os participantes se reúnem, para no amanhecer da Sexta Feira Santa colher Macela, planta de flor medicinal, conforme manda a tradição Católica. Os visitantes foram acolhidos no Parque Davenir Peixoto Gomez.

E para conter algumas pessoas dispostas a desvirtuar o evento, o Batalhão Turístico atuou de forma a garantir o cumprimento da preservação da Ordem Pública, com ações repressivas de abordagens e barreiras, e ações preventivas com vistas a inibir ocorrências em especial o tráfico e a posse de substâncias entorpecentes, a prisão de foragidos, de armas (porte ilegal), dentre outros. Além de ocorrências de embriaguez e infrações de condutores de veículos.

Os trabalhos em São Francisco de Paula ocorreram por toda a noite, em especial no acesso para a cidade pela RS 020, também na principal avenida da cidade, Avenida Júlio de Castilhos e na estrada da Balança, no acesso ao parque.

Além do efetivo do 1º BPAT, o evento contou ainda com a presença do Batalhão de Policiamento Rodoviário da Brigada Militar.

Durante as barreiras e abordagens foram confeccionadas 29 autuações de trânsito, seis veículos foram recolhidos e nove carteiras de habilitação apreendidas. Cinco  condutores foram presos por embriaguez ao volante, sendo que quatro recusaram-se a realizar o teste do etilometro. Ainda um indivíduo foi preso por posse de entorpecentes quando foi encontrado com ele uma bucha de cocaína.

Fonte: Ação Preventiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.