sexta-feira, 21 de abril de 2017

Bombeiros não aprovam arquibancadas móveis no Vale para jogo entre Noia e Grêmio

Estádio do Vale terá capacidade para 5,5 mil torcedores na semifinal.













Foto: BM / divulgação Ação Preventiva

Arquibancadas móveis aumentariam capacidade do Vale para 10 mil lugares - Foto: Elenise Martins /ECNH,Divulgação

O Corpo de Bombeiros não liberou a colocação de arquibancadas móveis no Estádio do Vale para o jogo entre Novo Hamburgo e Grêmio, no domingo, pelas semifinais do Gauchão. Sem tempo hábil para fazer as mudanças exigidas, o Noia optou por mandar o jogo com a capacidade reduzida de 5,5 mil lugares.

"Não conseguimos a aprovação e, como é feriado, não há tempo hábil para fazer as mudanças", explicou Juarez Radaelli, presidente do Novo Hamburgo.

Se eventualmente o clube passar para a final do Gauchão, tentará fazer os ajustes pedidos pelos Bombeiros para conseguir a liberação das arquibancadas móveis. Se não conseguir, terá de mudar o local do mando, já que o regulamento do Gauchão exige uma capacidade mínima de 10 mil lugares para a decisão.

"Para a final, teremos mais 15 dias para tentar resolver", explicou Radaelli, sem cogitar a mudança de uma eventual final para um estádio em outra cidade. "Nem pensamos nisso ainda. Vamos esperar o jogo de domingo para tomar uma decisão", completou.

Novo Hamburgo e Grêmio jogarão no Vale às 19h de domingo. Como houve empate em 1 a 1 no jogo de ida, na Arena, quem vencer avança à final do Gauchão. Empate sem gols dá a classificação ao Noia, novo 1 a 1 leva a disputa para os pênaltis, e igualdade por dois ou mais gols classifica o Grêmio.


Fonte: Zero Hora

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.