sábado, 1 de abril de 2017

BM faz cerco a bandidos que explodiram agência bancária no Litoral Norte

Criminosos atiraram contra posto policial, que estava vazio no momento do ataque, e usou uma mulher como refém durante a fuga

Foto: Polícia Militar /Divulgação

Cerca de 12 criminosos atacaram uma agência do Banrisul em Mampituba, município a 40 quilômetros de Torres, no Litoral Norte, na madrugada deste sábado. A Brigada Militar faz buscas na região, com apoio da Polícia Militar de Santa Catarina e agentes da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). 

Enquanto explodiam o banco e roubavam o dinheiro, outros membros da quadrilha se dirigiram até o posto da BM, que estava vazio no momento do ataque, e efetuaram diversos disparos de fuzil. Os dois PMs que estavam de plantão faziam ronda em Morrinhos do Sul, conforme a Brigada.

Na fuga, os bandidos incendiaram dois carros na ponte que divide os municípios de Paritaba e Mampituba, para evitar que polícias de Santa Catarina dessem o apoio para a guarnição da BM. Na perseguição contra os criminosos, uma viatura capotou. 

Os policiais trocaram disparos com os bandidos, que conseguiram fugir. Dois brigadianos ficaram feridos durante a ocorrência: um deles pisou em um Miguelito e outro levou um tiro de raspão no cotovelo, mas estão fora de risco.

Uma mulher, motorista de um Voyage, foi levada como refém e liberada mais tarde na BR-101. Até o momento, foi encontrado uma carabina calibre 38, um rádio HT e mochila com dinheiro roubado do Banrisul. 

O vice-prefeito de Mampituba Beto Roldão conversou com a reportagem da Gaúcha sobre a insegurança nos municípios menores que ficam nas imediações de Torres.

"A vulnerabilidade é complicada. A Brigada Militar atende Mampituba, Morrinho do Sul e Três Cachoeiras. Na hora da ocorrência não havia nenhum brigadiano no local. Os criminosos tocaram o terror na cidade. A gente precisa de mais segurança para nossa população", disse.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.