sexta-feira, 10 de março de 2017

Por motivos de segurança, hospital de Novo Hamburgo suspende visitas

Guarda municipal e homem que invadiu a casa dele estão internados no Hospital Geral

Homem foi morto a tiros dentro do Hospital Geral de Novo Hamburgo no começo do mês - Foto: Marcelo Kervalt /Zero Hora

O Hospital Geral de Novo Hamburgo suspendeu as visitas a pacientes por tempo indeterminado. A medida foi tomada para evitar confrontos entre criminosos, já que duas pessoas envolvidas em uma ocorrência policial estão internadas no local.

Na madrugada de quinta-feira, um guarda municipal matou um criminoso que invadiu a residência dele. O outro homem que estava no local foi baleado. O guarda Gilberto Jorge Voges está internado no hospital municipal, assim como Kevin de Souza, que está sob custódia.

O hospital alega que, como há possibilidade de retaliação, a suspensão das visitas é a medida que oferece mais segurança. No começo do mês, a instituição passou por outra situação grave: um homem foi morto a tiros dentro do hospital.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.