sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

Seis presos fogem do presídio de Sarandi

Há 15 dias, dois presos morreram durante rebelião no presídio do norte gaúcho

Seis presos fugiram entre 4h e 5h da madrugada desta sexta-feira (17) do presídio Estadual de Sarandi, no norte do Rio Grande do Sul. Eles, que são do regime fechado, abriram buracos no teto e nas paredes de celas. O local foi isolado, a Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) está tomando todas as providências e a Brigada Militar mantém as buscas na região. Os presos que fugiram foram condenados por homicídio, assalto, furto e violência doméstica. 

Todos os presos foram identificados. Há 15 dias, no mesmo presídio, houve uma rebelião após briga generalizada entre detentos. Enquanto alguns deles eram mantidos como reféns pela maioria, foi ateado fogo em colchões e dois presos acabaram morrendo dentro das celas. Atualmente, segundo a Susepe, há no presídio de Sarandi 150 presos e a capacidade é para penas 69 detentos. 

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.