terça-feira, 1 de novembro de 2016

Preso por tráfico na quinta-feira é morto no Vila Amélia, em Caxias do Sul

Ademir Gonçalves Guimarães não completou 24 horas recolhido no sistema penitenciário

Novembro começou e a sequência de mortes em Caxias do Sul continua. Ademir Gonçalves Guimarães, 47 anos, foi executado a tiros no bairro Vila Amélia na madrugada desta terça-feira (1). Este é o 126º assassinato registrado na cidade em 2016. A média é de uma morte a cada dois dias e nove horas. As informações são do jornal Pioneiro.

De acordo com a Brigada Militar, moradores da Rua Cristiano Ramos de Oliveira escutaram tiros por volta da 1h. O corpo de Guimarães foi encontrado ao amanhecer próximo aos trilhos. Não foram identificados suspeitos do crime.

A vítima havia sido presa em flagrante por tráfico de drogas na quinta-feira passada (27). Na ocasião, Guimarães foi abordado quando conversava com outro homem na Rua José Perin, também na Vila Amélia. Os policiais avistaram quando o suspeito arremessou um pacote em um pátio.

Foram apreendidas 19 pedras de crack, quatro porções de maconha e duas embalagens de cocaína. Dentro da residência ainda foram encontrados diversos produtos sem procedência que poderiam ser resultados de furtos e roubos. Apesar do flagrante por tráfico, Guimarães não completou 24 horas recolhido no sistema penitenciário.

A vítima ainda possuía outras passagens por tráfico, clonagem de veículo e era suspeito de um homicídio em 2003. Este é o quinto assassinato registrado no Vila Amélia neste ano.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.