domingo, 6 de novembro de 2016

Preso é mantido em viatura da PRF por falta de vaga em presídios do RS

Custódia durou quase nove horas.

Agentes do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Porto Alegre fizeram a custódia de um preso em uma viatura no lado de fora da Delegacia de Plantão de Canoas, na Região Metropolitana, entre a noite deste sábado (5) e a madrugada deste domingo (6). A viatura foi liberada por volta de 4h.

Depois de viaturas da Brigada Militar e da Guarda Municipal de Porto Alegre serem deslocadas para abrigar presos por falta de vagas no sistema prisional, essa é a primeira vez que isso ocorreu com a PRF.

Segundo a PRF, durante barreira no quilômetro dois da BR-448, um motorista desobedeceu ordem de parada e começou fuga pela rodovia. Os agentes da PRF fizeram o acompanhamento do veículo até o quilômetro sete da rodovia, quando o condutor perdeu o controle do veículo e bateu na mureta central.

O condutor ainda tentou fugir a pé. Depois da prisão, o homem passou pelo teste do bafômetro, que constatou a embriaguez. Ele ainda tinha um mandado de prisão pela Justiça do Paraná.

A PRF apresentou o homem na Delegacia de Plantão de Canoas por volta das 19h30, registrou a ocorrência e fez a custódia do preso dentro de uma viatura.

Com isso, a PRF ficou sem viatura para fiscalização em trechos da BR-290, BR-116, BR-448 e BR-386. 

Além do homem na viatura da PRF, outro preso está em uma viatura da Brigada Militar e 21 em celas da Delegacia de Plantão.

A reportagem não conseguiu contato com o delegado responsável pelas delegacias de plantão da Região Metropolitana.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.