segunda-feira, 7 de novembro de 2016

Polícia segue buscas a segundo envolvido na morte de empresário em Caxias

Jones Marins da Fonseca, 23 anos, confessou ter atirado em Fernando Weber.

O segundo envolvido na morte do empresário Fernando Weber, 43 anos, já está com a prisão temporária decretada, mas segue foragido. Ainda na tarde de sexta-feira (4), Jones Martins da Fonseca, 23 anos, foi preso no bairro Planalto, em Caxias do Sul. Ele estava com um mandado de prisão preventiva referente à investigação do 3º Distrito Policial.

Weber foi morto com um tiro na noite da última quinta-feira (3) após um assalto em frente à sede da empresa de decoração de festas da qual ele era proprietário no bairro Santos Dummont. Weber levou um tiro no braço. A bala ficou alojada no tórax. Ele estava dentro do carro.

Fonseca confirmou a autoria do disparo e afirmou que o objetivo era levar o carro de Weber. Pelo que a polícia apurou até agora, Weber foi escolhido aleatoriamente.

De acordo com o delegado Guilherme Gerhardt, do 3º DP, Fonseca era investigado por uma série de assaltos na região do bairro Planalto. 

A polícia confirma a participação de uma segunda pessoa devido a imagens de câmeras de segurança obtidas no local do crime.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.