terça-feira, 1 de novembro de 2016

Polícia investiga incêndio criminoso em casa de PM em Guaíba

Brigadianos acreditam que incêndio foi causado em retaliação após prisão de bandido.

PM conseguiu retirar família da residência sem ninguém ficar ferido

Foto: Foto de ouvinte que preferiu não se identificar

Um incêndio na madrugada desta terça-feira (1º) destruiu parcialmente a casa de um policial militar no bairro São Francisco, em Guaíba. Segundo a Brigada Militar, o ataque pode ter sido criminoso, já que uma garrafa com gasolina foi jogada na residência. 

O soldado conseguiu retirar a esposa e dois filhos logo após iniciar o fogo, próximo das 3h. Ninguém ficou ferido na ocorrência.

De acordo com a delegada Sabrina Dóris Teixeira, a perícia foi realizada nesta manhã. Análise preliminar confirma que o incêndio foi criminoso. No entanto, ainda não se sabe a motivação.

"A investigação vai apurar para ver se está relacionado com a atividade profissional dele. Por enquanto são suposições", afirma.

Colegas do brigadiano acreditam, no entanto, que o crime seja retaliação pela prisão de um criminoso do município.

Durante a tarde, o PM irá depor na Delegacia de Polícia. Após isso, a delegada acredita que encontrará uma hipótese para a motivação.

Fonte: Gaúcha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.