quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Comando do 1° BPAT visita Polícia Militar de Araranguá em Santa Catarina

Objetivo foi de integração entre os batalhões que fazem divisa.

14976113_704414053047246_1035539782_o

Fotos: BM / divulgação Ação Preventiva

Na segunda feira (07/11), o comando do 1º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (1º BPAT), visitou o 19º Batalhão de Polícia Militar (BPM) de Araranguá/SC. O objetivo do encontro foi estreitar ainda mais os laços entre os dois batalhões que fazem divisa territorial.

15033959_704413859713932_2041412124_o

O comandante do 1º BPAT Tenente Coronel Carlos Roberto da Rocha Xavier Junior foi recepcionado pelo comandante do 19º BPM tenente-coronel Cristian Dimitri Andrade, que apresentou o organograma do 19º BPM com suas subdivisões (companhias, pelotões e grupos), dados da região, ainda os programas e aplicativos utilizados pela Polícia Militar de Santa Catarina: a tecnologia embarcada – Mobile, Rede de Vizinhos, Business Intelligence, Programa de Valorização Profissional – Valorem, entre outros.

15034305_704414006380584_1185709722_o

No encontro também foram acertados detalhes para a realização de operações conjuntas na divisa dos Estados, município de Cambará do Sul pelo lado Gaúcho e Praia Grande por Santa Catarina, onde inclusive nesse ano de 2016 resultaram em importantes prisões e apreensões.

Na oportunidade o Ten Cel Xavier entregou ao Ten Cel Dimitri o convite para a formatura do 12º aniversário do Batalhão Turístico, quando ele será um dos condecorados com a Comenda da Ordem do Mérito Turístico da Brigada Militar.

Na parte da tarde, os visitantes acompanharam os anfitriões até a sede da 6ª Região de Polícia Militar, em Criciúma, onde foram recebidos pelo coronel Cosme Manique Barreto.

Ainda fizeram parte da comitiva do 1º BPAT o Major André Lima da Silva, subcomandante do 1º BPAT, o Capitão Lamartine Venzo e 3º sargento Ulisses Raul Bortolini.

Fonte: Ação Preventiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe seu comentário. A livre expressão é um direito de todos desde que não haja ofensa,caso contrário será removido.