quinta-feira, 27 de abril de 2017

Ordem para assassinato brutal em Viamão partiu de dentro do Presídio Central

Alisson Penna, 18 anos, foi baleado e depois teve o corpo incendiado

Ordem para assassinato brutal em Viamão partiu de dentro do Presídio Central Polícia Civil / Divulgação/

Foto: Polícia Civil / Divulgação

A investigação sobre um assassinato brutal em Viamão, na Região Metropolitana, apontou para mais um crime arquitetado de dentro do Presídio Central pelo líder de uma facção criminosa. A vítima, identificada como Alisson Penna, de 18 anos, suspeito de homicídios e outros crimes, foi alvo de vários tiros e teve o corpo queimado ainda vivo no dia 17.
Conforme a delegada Larissa Fajardo, o motivo da execução foi um desentendimento que a vítima teve com um homem da mesma organização criminosa que ele integrava. O corpo foi deixado no bairro Cecília, em uma área dominada pela facção rival. O objetivo era confundir os investigadores e colocar a culpa no outro grupo.

— Infelizmente não é raro o contato dos presos com o mundo externo à prisão. O incomum neste caso é que a execução foi destinada a membro da mesma organização criminosa — relatou Larissa.

O principal suspeito foi preso pela Delegacia de Homicídios dois dias depois. É um foragido da Justiça por outro homicídio da região. Com ele, foram localizadas 31 balas de ecstasy que seriam vendidas em festas rave em Porto Alegre. Ele tinha duas máscaras para cometer os crimes.

O mandante também será indiciado.O inquérito deve ser finalizado nos próximos dias, após novas perícias solicitadas no carro usado para levar o corpo do local da morte. O veículo, que era roubado, foi desovado e queimado no mesmo bairro do assassinato. A Polícia Civil encontrou o carro no último dia 20.

Sem relação entre os casos

O caso de um outro homem, encontrado dias antes morto e com mãos amarradas também em Viamão, não tem relação com este assassinato, de acordo com a delegada. A Polícia Civil ainda não sabe quem é esta vítima.

Fonte: Zero Hora

Operação conjunta em São Francisco de Paula prende por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo


Foto: BM / divulgação Ação Preventiva

Na tarde de quarta-feira (26/04), uma operação conjunta entre Brigada Militar, através da guarnição local, Seção de Inteligência do 1º BPAT e Polícia Civil de São Francisco de Paula, fechou um ponto de comercialização de drogas, prendendo o traficante e apreendendo um menor. Além dos entorpecentes foi encontrada uma espingarda.

Por voltas das13h30min, os órgãos de segurança cumpriram um mandado de busca e apreensão em uma residência na Avenida Benjamin Constant, na Vila Jardim. No local foi encontrado o traficante J.B.S.O., 55 anos, com antecedente por furto e apreensão de objetos. No local foram encontradas 22 porções fracionadas de maconha, pesando 34 gramas, e 18 buchas de cocaína pesando 10 gramas.
Ainda uma espingarda calibre 36 com silenciador, um cartucho calibre 22, um cartucho calibre 6.35, um cartucho 7.65, um cartucho calibre 32 deflagrado, um punhal artesanal, um facão, um simulacro de arma de fogo (réplica de pistola), uma soqueira, além de aparelhos eletrônicos.

Também foi apreendido um menor de 16 anos por associação ao tráfico e resistência.

O adolescente infrator e o material foram apresentados na delegacia, sendo o traficante conduzido ao presídio de São Francisco de Paula.

Fonte: Ação Preventiva

Homem é morto em confronto com a Brigada Militar em Alvorada

Ele estava em uma moto com outro homem quando houve troca de tiros

Um homem foi morto em confronto com a Brigada Militar, na noite desta quarta-feira (26), em Alvorada, na Região Metropolitana. Segundo informações preliminares, dois homens estavam em uma moto no bairro Jardim Algarve quando não obedeceram a ordem de parada da polícia.

Na fuga, houve troca de tiros. Um dos homens foi atingido e morreu na Rua 12, próximo ao número 70. A identidade dele não foi divulgada.

Nenhum policial ficou ferido.

Fonte: Gaúcha

Idosos são encontrados mortos dentro de residência em Gravataí

Causa das mortes ainda está sendo investigada pela polícia

Dois idosos foram encontrados mortos em uma residência de Gravataí na noite desta quarta-feira (26). A Brigada Militar foi chamada por vizinhos, que estranharam a ausência dos moradores. A casa fica na Rua Jorge Tadeu, no bairro Santa Fé. A polícia chegou ao local por volta das 22h.

De acordo com informações da Brigada Militar, com base em uma perícia inicial, Valdir Félix da Silva, de 66 anos, morreu há mais tempo, há pelo menos três dias. Sílvia da Rocha de Oliveira, de 83 anos, estava morta há cerca de um dia. Os corpos não tinham marcas aparentes de violência.

Segundo a Brigada Militar, os dois foram encontrados no chão da residência, sendo que o dela estava sobre o do homem. Vizinhos disseram que a idosa seria mãe do homem, mas a polícia não encontrou nenhum documento que confirme parentesco entre os dois.

A Polícia Civil aguarda o laudo do Instituto Médico Legal (IML) para determinar as causas das mortes e investigar o caso.

Fonte: Gaúcha

Criminosos tentam assaltar caminhoneiro na BR-116, em Tapes

Roubo foi frustrado devido à sistema de segurança do veículo

Criminosos tentaram assaltar o motorista de um caminhão, na madrugada desta quinta-feira (27), na BR-116, em Tapes. De acordo com a Brigada Militar, o caminhão tinha saído de Caxias do Sul. A abordagem ocorreu perto do trevo de Tapes, por volta das 3h.

Os assaltantes estavam em uma Ecosport vermelha. Ao menos três bandidos participaram do crime. Eles obrigaram que o motorista parasse e um deles entrou no caminhão. Nesse momento, um sistema de segurança acabou sendo ativado quando o assaltante abriu a porta e o caminhão travou. O sistema enviou um alerta para a empresa responsável pelo dispositivo, que acionou a Brigada Militar.

Os bandidos ameaçaram matar o motorista, mas acabaram fugindo sem levar nada. A intenção deles, segundo a Brigada Militar, era levar o motorista até uma estrada vicinal para colocar a carga em outro caminhão. Eles fugiram levando o celular do caminhoneiro. Ele não ficou ferido.

Fonte: Gaúcha

Criminosos tentam arrombar caixa eletrônico em Caxias do Sul

Crime aconteceu no Banrisul do bairro Cruzeiro

Ladrões tentaram arrombar um caixa eletrônico do Banrisul, em Caxias do Sul. O crime aconteceu na madrugada desta quinta-feira (27) na Rua Luiz Michelon, no bairro Cruzeiro.

De acordo com a Brigada Militar, os criminosos quebraram uma das portas de vidro da fachada, provavelmente com uma marreta. Eles tentaram arrombar um dos terminais de autoatendimento. Como não conseguiram quebrar o equipamento, fugiram. O terminal não chegou a ficar danificado.

Esse é o segundo caso da semana no bairro Cruzeiro envolvendo estabelecimentos bancários. Na manhã de segunda-feira (24), funcionários perceberam o furto no Banco do Brasil assim que chegaram para trabalhar.

Fonte: Gaúcha Serra

Polícia faz operação em Pelotas para desarticular grupos responsáveis por homicídios

135 policiais cumprem 31 mandados judiciais na cidade

Foto: Polícia Civil /divulgação

A Polícia Civil deflagrou na manhã desta quinta-feira (27) a Operação Vingadores contra grupos criminosos responsáveis por pelo menos dez homicídios em Pelotas. Desde as 5h30, policiais cumprem 26 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão preventiva.

Cinco pessoas foram presas até o momento. Agentes encontraram simulacros de arma de fogo com os suspeitos. A investigação apontou o envolvimento de quatro grupos criminosos – a maioria composta por adolescentes – em mais de dez homicídios e cinco tentativas de homicídio na cidade.

Os mandados são cumpridos por 135 policiais civis nos bairros Pestano, Fragata, Navegantes, Sítio Floresta, Bom Jesus, Vasco Pires e Dunas.

Pelotas já registrou 30 homicídios em 2017.

Fonte: Gaúcha